Post

A revolução da cloud computing

  • Postado em 23 de Junho de 2014
Estamos acostumados a armazenar diversos arquivos, dados de diferentes tipos e utilizar aplicações instaladas em nossos próprios computadores. Contudo, com a chegada da cloud computing, ou computação em nuvens, passamos a acessar arquivos e executar tarefas pela própria internet, ou seja, sem a necessidade de instalar aplicativos no hardware.

A cloud computing permite acessar diferentes programas, serviços e arquivos de forma remota, através da Internet, por isso a alusão à nuvem . Uma vez devidamente conectado ao serviço online, é possível desfrutar suas ferramentas e salvar todo o trabalho que for feito para acessá-lo mais tarde, de qualquer lugar.

Digitar textos, atualizar planilhas, criar apresentações, executar aplicativos, entre diversas outras ações podem ser realizadas e acessadas de qualquer dispositivo, necessitando apenas de uma conexão com a internet, independente da plataforma. Esta é uma das mais práticas formas de acessar seus dados, sem se preocupar com a manutenção e vida útil da máquina utilizada.

Para empresas e instituições públicas, uma das principais vantagens de utilizar a computação em nuvem é o custo: além de eliminar a necessidade de possuir um servidor próprio, que ocupa espaço físico e eleva o gasto de energia elétrica com o resfriamento do local, também não existe custo de manutenção da infraestrutura de rede local. O trabalho corporativo e o compartilhamento de dados também é otimizado com a computação em nuvem, e as atualizações de software são feitas automaticamente, sem precisar da intervenção do usuário.

Procurar

Vídeo

Vídeo